CONF sobre Património Imaterial: "Terrenos Portugueses: O que fazem os Antropólogos?"

A 5.ª conferência de um ciclo de colóquios dedicado ao Património Cultural Imaterial irá ter lugar no póximo dia 13 de Outubro de 2008 na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, desta vez subordinado ao tema: “Terrenos Portugueses: O que fazem os Antropólogos?”

O Património Cultural Imaterial constitui um campo de actuação patrimonial largamente coincidente com os temas preferenciais dos estudos antropológicos ao longo do seu primeiro século de existência. Do mesmo modo, a Antropologia constitui um dos campos disciplinares de referência, em termos teóricos e metodológicos, para o estudo e o inventário dos vários domínios que configuram aquele Património, de acordo com a respectiva Convenção da UNESCO: tradições e expressões orais; expressões artísticas e manifestações de carácterperformativo; práticas sociais, rituais e eventos festivos; concepções, conhecimentos e práticas relacionados com a natureza e o universo; processos e técnicas tradicionais.

Tendo lugar na Universidade onde há 30 anos a disciplina passou a integrar os estudos superiores em Portugal, e inspirado pelo cada vez mais evidente truísmo “A Antropologia é o que fazem os antropólogos”, o Colóquio procurará a reflexão sobre o percurso da Antropologia Portuguesa, identificando os seus principais ciclos e respectivos paradigmas de actuação, bem como sobre a diversidade de objectos de estudo dos antropólogos na actualidade, no contexto de uma sociedade em permanente mudança. Serão assim colocadas em diálogo diferentes abordagens da denominada “cultura popular”, aqui circunscrita não apenas pelos objectos tradicionais da disciplina mas também por temas e problemas emergentes no âmbito das sociedades modernas, e que se
revelam bons para pensar os objectivos e os limites da aplicação da Convenção para a Salvaguarda do
Património Cultural Imaterial.

Colóquio organizado em parceria com CRIA- Centro em Rede de Investigação em Antropologia e Instituto dos Museus e Conservação

Programa:

09h30 | Recepção aos Participantes
10h00 | Abertura
Clara Frayão Camacho (Subdirectora IMC)
Maria Cardeira da Silva (CRIA / FCSH-UNL)

10h20
Introdução
Imaterialidade e Imaginação: novos mapas das culturas como recurso e como poder
Maria Cardeira da Silva (CRIA / FCSH-UNL)

10h40
O Património Imaterial e a Antropologia Portuguesa: uma perspectiva histórica
João Leal (CRIA / FCSH)

11h20 | Intervalo

11h40
Retrato do Antropólogo, no terreno, enquanto patrimonializador relutante
Jean-Yves Durand (CRIA/UM)

12h20 | Debate

13h00 | Intervalo para Almoço

14h30
Plantas, Direitos e Cultura: a Antropologia e a patrimonialização das concepções, conhecimentos e
práticas relativos à natureza
Amélia Frazão Moreira (CRIA / FCSH-UNL)

15h00
Respeito e Salvaguarda: reflexões a partir de uma experiência no terreno da música rap de finais dos 90’s
Teresa Fradique (ESAD-CR)

15h30 | Intervalo

15h45
A (I)materialidade do Som: antropologia e sonoridades
Filipe Reis (CRIA / ISCTE)

16h15 | Debate

17h00 | Encerramento

Inscrição Gratuita (No entanto, é necessário proceder à inscrição)

Organização | Inscrições:
Instituto dos Museus e da Conservação
Departamento de Património Imaterial
Tel: 21-365 08 26/ Email: dpi@imc-ip.pt / www.ipmuseus.pt

Programa ciclo

Programa Coloquio 05

Ficha Inscricao Coloquio 05

———————————-

A próxima conferência:

Museus Globais: Colecções Etnográficas e MulticulturalidadeMuseu Nacional de Etnologia – 28 NOVEMBRO 2008


1 thought on “CONF sobre Património Imaterial: "Terrenos Portugueses: O que fazem os Antropólogos?"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.