80 000 pessoas visitaram a exposição da colecção Rau no MNAA

Segundo a agência Lusa/Diário Digital cerca de 80 mil pessoas visitaram a exposição «Grandes Mestres da Pintura Europeia: De Fra Angelico a Bonnard».

A exposição esteve patente entre 15 de Maio e 15 de Outubro no Museu Nacional de Arte Antiga. Terá sido a exposição temporária realizada no museu que mais público atraiu até hoje (não encontrámos nennhuma informação no site do museu sobre este balanço).

O médico Gustav Rau (1922-2002), herdeiro de um grande império industrial, reuniu ao longo da vida uma colecção de 800 pinturas e 200 esculturas, deixando o grande legado que é hoje a colecção Rau.

Rau legou o seu espólio à UNICEF impondo como condições apenas que não fosse vendido durante 25 anos e que circulasse durante pelo menos cinco anos.

A exposição da colecção Rau no MNAA foi promovida pela sVo Art (Sylvester Verger Art Organization), entidade que gere o acervo criado pelo filantropo alemão Gustav Rau. A exposição tinha sido anteriormente apresentada em Paris, mais precisamente em 2000.

Fonte: Agência Lusa/Diário Digital, 30/10/2006



Citar este post
Ana Carvalho (2006, 31 Outubro). 80 000 pessoas visitaram a exposição da colecção Rau no MNAA. No Mundo dos Museus. Recuperado em 13 de Abril de 2024, de https://doi.org/10.58079/sct1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.