Linguagens no Museu: as peças, os espaços, os museólogos e os museógrafos

Museu de Évora, 2010

Em Portugal, a relação das universidades com os museus tem sido uma relação nem sempre explorada, mas seguramente necessária. São vários os projectos que comprovam as vantagens de uma relação de proximidade para ambos os lados. Teoria e prática em acção e colaboração! (ver, por ex. post sobre projecto “Museus do Porto: desafios para a construção de territórios colaborativos”) No caso de Évora: museu e universidade, é também um território poucas vezes explorado. Iniciativas como a que agora divulgamos deverão ser sinais de que há um percurso colaborativo com enorme potencial.

No dia 10 de Maio (Quinta-feira),pelas 16h00, realiza-se no Museu de Évora a 8ª Aula Livre, intitulada “Linguagens no Museu: as peças, os espaços, os museólogos e os museógrafos”, pelo Professor Doutor António Camões Gouveia, ex-director deste museu. As “Aulas Livres” são uma iniciativa organizada pela Prof. Sandra Leandro do Departamento de Artes Visuais e Design da Universidade de Évora.

A entrada é livre.

Mais informações: sandraleandro7@gmail.com



Citar este post
Ana Carvalho (2012, 8 Maio). Linguagens no Museu: as peças, os espaços, os museólogos e os museógrafos. No Mundo dos Museus. Recuperado em 22 de Abril de 2024, de https://doi.org/10.58079/sdlm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.