Tese em Museologia

livro-antigo.jpg

A Adaptação da Igreja de Santa Cruz a Museu de Arte Sacra de Vila Viçosa
Autor: Tiago Passão Salgueiro
Orientador: Dr. Rafael Salinas Calado
Co-orientador: Mestre Maria de Jesus Monge
Instituição: Universidade de Évora
Nível: Mestrado (Museologia)
Ano: 2006 (Defendida a 16 de Novembro)

ABSTRACT

A análise que se pretendeu efectuar através deste trabalho está baseada numa retrospectiva histórica, verificada desde a edificação do Convento de Santa Cruz até ao projecto de implementação do Museu de Arte Sacra, que todavia não se encontra concluído.
O objectivo subjacente a este principio analítico procurou estabelecer as principais etapas relacionadas com a construção do edifício conventual, os seus principais impulsionadores, a contextualização social, económica e politica de Vila Viçosa nas primeiras décadas do século XVI, a influência da Ordem dos Agostinhos na edificação de espaços conventuais na localidade e a identificação de propostas de carácter arquitectónico e museológico para a recuperação da Igreja e consequente instalação de um Museu de Arte Sacra.
Desta forma, a análise dos processos que condicionaram o desenvolvimento deste programa museológico, assim como os principais intervenientes, constituiu um eixo vital para a compreensão global desta investigação.
A necessidade de preservar um espólio artístico de enorme valor patrimonial constituiu outra vertente que foi analisada de forma detalhada, com especial destaque para a identificação de estratégias que foram desenvolvidas pela entidade tutelar para a conservação e recuperação do acervo que ai se encontra actualmente disponível.
Pretendeu-se reflectir acerca do percurso histórico do convento e as novas propostas de adaptação do espaço a uma nova função de carácter museológico e o seu enquadramento na realidade museal heterogénea de Vila Viçosa.

* As informações aqui apresentadas são cortesia do autor, a quem muito agradecemos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.