CONF: "Tranformações da Paisagem. O impacto das Cidades Romanas no Mediterrâneo Ocidental" – Call for papers

ruinas-cidade-romana-ammaia.jpg

Ruínas Cidade Romana Ammaia, 2007
Castelo de Vide
©Jeronimo’s Eye

Entre os dias 15 e 17 de Maio de 2008, a Universidade de Évora em associação com a Fundação Cidade de Ammaia, organiza um Colóquio Internacional intitulado:

“Transformações da Paisagem. O impacto das Cidades Romanas no Mediterrâneo Ocidental”

O encontro visa apresentar e discutir os contributos do trabalho de campo e investigação aplicada ao estudo das paisagens do período romano nas províncias do Sudoeste, com particular enfoque na Península Ibérica.

O evento terá lugar em diferentes, mas próximos, locais no Alto Alentejo (Portugal): no sitio arqueológico e museu da cidade romana de Ammaia, no Parque Natural da Serra de S. Mamede (Marvão) e em Castelo de Vide (Pólo da Universidade de Évora).

A conferência está estruturada em duas partes: uma sessão de sínteses regionais com ampla extensão geográfica e uma sessão com estudos de caso recentes considerados excelentes e trabalhos de campo relacionados com o impacto da Romanização e o desenvolvimento das cidades Romanas nas paisagens no Ocidente.

Os interessados deverão a apresentar, até ao dia 29 de Fevereiro, um resumo com o máximo de 500 palavras. Os resumos devem ser enviados para: cricorsi@uevora.pt ou fvermeul@uevora.pt, indicando a filição institucional e respectivos contactos.

Os oradores aceites terão conhecimento desta decisão até ao dia 14 de Março. A duração das apresentações não deverá exceder 20 minutos. Existirá também uma sessão para apresentação de cartazes/posters.

Os idiomas da conferência serão Inglês, Francês, Português e Espanhol. Está planeada a publicação das actas num volume, que resultará das conferências apresentadas e será publicada no prazo de um ano após o colóquio.

Não haverá pagamento de conferências.

Veja o Cartaz

Fonte: Universidade de Évora


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.