1.º Encontro de blogs de Museus – balanço…

[slideshow 72057594049745642]
©Ana Carvalho
Museu da Chapelaria, 1 Março 2008

Tal como tivemos oportunidade de divulgar aqui, no passado dia 1 de Março teve lugar o 1.º Encontro de Blogs de Museus que decorreu nas instalações do Museu da Chapelaria em S. João da Madeira. Este encontro permitiu que vários profissionais da museologia, gestores de blogues, pudessem trocar experiências sobre a blogoesfera e as suas potencialidades para os museus e a museologia em geral. Entre a assistência encontravam-se os gestores dos seguintes blogues: Mouseion, Pporto dos Museus, Crescer com o Património, Património Arterial, entre outros.

O encontro teve início com uma nota de boas vindas do vice-presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Dr. Rui Manuel Oliveira Costa, que salientou a importância de lançar o debate sobre esta temática.

De seguida, Susana Menezes, responsável pelo Museu da Chapelaria e gestora do bogue do museu, apresentou um enquadramento mais geral sobre os blogues e sua importância. Referiu ainda o surgimento do blogue do Museu da Chapelaria (2006), respectivas circunstâncias e interrogações, objectivos e balanço. Além disso, deu ainda enfoque à blogoesfera na sua ligação com a participação dos públicos, sublinhando esta vantagem. Neste contexto, os blogues permitem uma maior proximidade com os seus públicos, humanizando, de certo modo, a relação com o utilizador. Isto é, através da permissão de comentários, que possibilitam que o utilizador interaja deixando os seus comentários e por sua vez o museu responda, elimina de algum modo a distância formal de um e-mail e permite a participação dos públicos.

Ana Pires apresentou de seguida o blogue eMUSEU e falou da web 2.0 e dos inumeros gadgets que estão à nossa disposição, com diversos exemplos da sua utilização para os museus. Enfatizou ainda a história recente dos blogues em Portugal, que contam com aproximadamente 5 anos de existência, salientando o ano de 2006 como o grande “boom” da blogoesfera portuguesa.

“No Mundo dos Museus…” também participou no encontro com uma apresentação intitulada: “Os blogues como instrumentos para a Museologia. Alguns Exemplos.” Como não podia deixar de ser, foi apresentado o blogue “No Mundo dos Museus”, a criação do projecto (2006) e respectivo enquadramento, objectivos e público alvo. Com o objectivo de analisar o “estado da arte” da blogoesfera portuguesa no domínio dos museus foi apresentado um estudo e respectivas conclusões. Neste sentido, foi referido que entre 2003 e 2008 (Fev.) foram criados em Portugal 38 blogues cujas temáticas versam directa ou directamente sobre temáticas da museologia. Além disso, foi possível constatar que em 2006 houve um aumento significativo de blogues e o mesmo aconteceu em 2007, sendo que neste último ano o número foi ainda mais elevado comparativamente com o ano de 2006. Por esta ordem de ideias é expectável que o crescimento do número de blogues em 2008 seja promissor para a criação de novos blogues nesta área. Para finalizar, foram apresentados vários exemplos de blogues no domínio dos museus e da museologia, em contexto nacional e internacional, que revelam diferentes e interessantes utilizações dos blogues.

Seguiu-se o debate, onde a discussão se prolongou focando diversos aspectos ligados à utilização dos blogues, nomeadamente a reflexão sobre a existência ou não de aspectos negativos subjacentes à utilização dos blogues, dando como exemplo alguns casos recentes conhecidos na comunicação social. Por outro lado, reflectiu-se sobre a questão dos direitos de autor, nomeadamente a questão da utilização de imagens; os blogues como ferramentas gratuitas disponíveis a todos e as potencialidades que encerra; os blogues e os diversos softwares; os blogues em contexto de tutela municipal e respectivas implicações na gestão, o caso do blogue do Museu da Chapelaria; podem os blogues aproximar os públicos e trazê-los ao museu?

Com efeito, apesar das incertezas perante o futuro relativamente à utilização desta ferramenta parece evidente e bastante conclusivo que os blogues oferecem uma oportunidade estratégica para a política de comunicação dos museus, oportunidade que os museus não devem menosprezar. Com efeito, os blogues podem ser um campo de experimentação, interacção e de criatividade para os museus!

Mais impressões sobre o encontro de blogues:

http://crescercomopatrimonio.blogspot.com/
http://newmouseion.wordpress.com/
http://museudachapelaria.blogspot.com/
http://patrimonioarterial.blogspot.com/

[slideshare id=293265&doc=os-blogues-como-instrumentos-de-trabalho-1204709142778594-3&w=425]

[slideshow 72057594049745601]

Museu da Chapelaria, 1 Março 2008
©Ana Carvalho

Nota: Imagens também disponíveis no Flickr

Sobre o Museu da Chapelaria:

“Dentro destas paredes guardamos máquinas, ferramentas, matérias-primas, chapéus. Guardamos as histórias que a memória salvou.
Dentro destas paredes escondemos as histórias contadas em segredo das tristezas e dores que a memória não permitiu esquecer.
Guardamos um mundo que é feito de ‘dedos mágicos’.
Dentro deste edifício, que foi um dia o da Empresa Industrial da Chapelaria , uma das mais importantes unidades fabris da cidade, nasceu a 22 de Junho de 2005, o Museu da Chapelaria, neste edifício onde primeiramente a indústria foi mecanizada, nesta cidade que foi um dos principais e mais importantes centros produtores de chapéus do País.
Quis-se perante as máquinas e ferramentas, matérias-primas e chapéus, memórias e histórias de vida, intervir o mínimo possível. Manter visíveis todos os traços de um longo percurso, e não camuflar aquelas que são as suas marcas do tempo, que as individualizam e as tornam verdadeiramente únicas.
Por isso, traz-se à luz do dia a máquina gasta pelo tempo e a memória de quem nela trabalhou, tal como é recordada, sentida e dita. E por isso também, quem um dia pacientemente nos ensinou, explicar-lhe-á hoje, com a mesma devoção, como era ser chapeleiro, como funcionava a máquina e como se fazia um chapéu.
São eles, ex e actuais operários, ex e actuais empresários da indústria da chapelaria que hoje recordam consigo esse mundo mágico.”

(in http://sjm.omnisinal.pt/1900)

Mais informações:
http://www.cm-sjm.pt/410
http://museudachapelaria.blogspot.com/


1 thought on “1.º Encontro de blogs de Museus – balanço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.