Arquivo de etiquetas: Realidade aumentada

Realidade aumentada em foco em novo título da Coleção Estudos de Museus

Realidade Aumentada em Exposições de Museu. Experiências dos Utilizadores é o 14.º volume a ser publicado no âmbito da colecção Estudos de Museus, uma edição da Direção-Geral do Património Cultural em parceria com a editora Caleidoscópio.

O livro resulta da tese de doutoramento (em Media Digitais, especialidade de Produção de Audiovisuais e Conteúdos Interativos) de Diana Marques apresentada à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 2017 (orientação de José Azevedo e co-orientação de Robert Costello).

O lançamento é no dia 4 de Junho, pelas 18h00, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Sala Vandelli), em Lisboa. Com apresentação de José Azevedo.

Sinopse

Na época actual, a tecnologia é uma constante que estimula a renovação permanente da informação, constituindo um desafio para as instituições culturais, de modo a assegurarem que as suas ofertas correspondem às expectativas dos visitantes e simultaneamente respeitam os valores e as colecções que as definem.
Este livro aborda a necessidade de o museu contemporâneo compreender os seus públicos, quais as suas preferências e como reagem a experiências mediadas pela tecnologia. Concentra-se na tecnologia de Realidade Aumentada, desenvolvida para dispositivos móveis a utilizar em exposições de museu antiquadas como uma forma de melhorar as experiências dos visitantes.
O estudo decorreu no Bone Hall, uma exposição de esqueletos no Museu Nacional de História Natural do Instituto Smithsonian (Estados Unidos da América), que não sofria alterações desde os anos 1960 e tinha deixado de corresponder às expectativas dos visitantes que procuravam mais envolvimento e interatividade.
Com o objectivo de revitalizar o Bone Hall foi desenvolvida uma aplicação móvel denominada Skin & Bones. Para estudar os efeitos da aplicação na experiência dos visitantes utilizaram-se métodos tradicionais no estudo de visitantes e também métodos menos convencionais inspirados na área da Experiência do Utilizador.

Sobre a autora:

Diana Marques. Doutorada em Media Digitais na especialidade de Produção de Audiovisuais e Conteúdos Interativos pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (programa doutoral UT Austin|Portugal). Licenciada em Biologia Aplicada aos Recursos Animais Terrestres pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (2002) e com um Certificado Graduado em Ilustração Científica pela Universidade da Califórnia em Santa Cruz (2004). Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (Certificado Graduado) e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (Doutoramento). Foi Professora Assistente do Mestrado em Desenho da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e Professora Convidada do Mestrado em Ilustração Científica do Instituto Superior de Educação e Ciências e do Mestrado em Ilustração Científica da Universidade de Aveiro. Fez parte do quadro dirigente de associações profissionais internacionais na área da ilustração científica, como a Guild of Natural Science Illustrators e a Association Européenne des Illustrateurs Médicaux et Scientifiques. Mantém desde 2004 uma carreira como profissional independente na área da comunicação visual de ciência, produzindo ilustrações, animações, infografias e outros conteúdos multimédia para museus, institutos de investigação e editoras, em Portugal e no estrangeiro.

Índice

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 1 – REVISÃO DA LITERATURA
Experiência do visitante
Museus e tecnologia
A realidade aumentada nos museus

CAPÍTULO 2 – DESIGN DE INVESTIGAÇÃO
Questões de investigação e enquadramento teórico
Contexto de investigação
Aplicação móvel skin & bones
Metodologia de investigação

CAPÍTULO 3 – RESULTADOS E DISCUSSÃO
Descrição da amostra
Realidade aumentada e experiência do visitante
Revitalização de exposições desatualizadas através de tecnologia
Modelo de produção
Preocupações e desafios

CONCLUSÃO

Questionário
Notas
Bibliografia
Índice Remissivo
Agradecimentos

****

Fazem parte da colecção Estudos de Museus os seguintes volumes:

Museus, Arte e Património em Portugal: José de Figueiredo (1871-1937), de Joana Baião                                                                                                             

Redes de Museus e Credenciação: Uma Panorâmica Europeia, de Clara Frayão Camacho                                                                                                                                  

Criatividade nos Museus: ‘Espaços Entre’ e Elementos de Mediação, de Inês Ferreira                                                                                                                 

Museus e Diversidade Cultural: Da Representação aos Públicos, de Ana Carvalho                                                                                                                  

Museu Machado de Castro: Memorial de um Complexo Arquitectónico Enquanto Espaço Museológico (1911-1965) de Duarte Manuel Freitas                                                               

Da Coleção ao Museu: O Colecionismo Privado de Arte Moderna e Contemporânea em Portugal de Adelaide Duarte                                                                                               

Museus (In)Capacitantes: Deficiência, Acessibilidades e Inclusão em Museus de Arte de Patrícia Roque Martins                                                                                                             

Lisboa em Festa: a Exposição Retrospetiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola, 1882. Antecedentes de um Museu de Emília Ferreira                                                              

Da Fábrica ao Museu. Identificação, Patrimonialização e Difusão da Cultura Técnico-industrial de Maria da Luz Sampaio                                                                                             

A Constituição de uma Coleção Nacional. As Esculturas de Ernesto Vilhena de Maria João Vilhena de Carvalho                                                                                                 

Colecionismo Arqueológico e Redes do Conhecimento: Atores, Coleções e Objetos (1850-1930) de Elisabete J. Santos Pereira                                                                                             

O Marquês de Sousa Holstein e a Formação da Galeria Nacional de Pintura da Academia de Belas Artes de Lisboa, de Hugo Xavier

Iluminação em Museus: A Descoberta da Obra de Arte, de Carmina Montezuma

****

Os títulos da colecção Estudos de Museus são selecionados por um comité editorial constituído por Alice Semedo, Fernando António Baptista Pereira, Pedro Casaleiro, Raquel Henriques da Silva, Vítor Serrão e Clara Frayão Camacho (que acumula também a função de revisão editorial das obras).

Nota: O livro estará à venda nas lojas dos museus e palácios nacionais e no circuito comercial (ex. Fnac, Bertrand, Wook, etc.)

Projecto tese: “Museums and Mobile Augmented Reality – the Visitor Experience in Digitally Enhanced Exhibits”

teses e dissertações

Marques, Diana (2013). Museums and Mobile Augmented Reality – the Visitor Experience in Digitally Enhanced Exhibits [títuto provisório]. Defesa da proposta de projecto de doutoramento em Media Digitais. Faculdade de Engenharia da Universidade da Universidade do Porto. (Obs. A entrega e defesa da tese deverá acontecer no final de 2014/2015).

Orientadores: José Azevedo (FLUP), Robert Costello (Smithsonian’s National Museum of Natural History.

Júri da proposta: José Azevedo, Robert Costello, Pedro Casaleiro

Abstract:

“The main research goal driving the study is to contribute to the existing literature and knowledge on the use of mobile augmented reality technology to enhance visitor experiences within museum exhibits. Augmented Reality is a recent subject of curiosity and experimentation from the museum community and considered a tool for museum innovation, grounded in strong visual stimuli and promising an advanced natural interaction between visitors, collection objects and their data.

In particular the work will attempt to understand how digital augmentation of a Victorian-­‐age collection of skeletons in a natural history museum, regarded for its historical and biological value but no longer corresponding to modern visitors’ expectations for interactivity and interpretation, may facilitate engagement and satisfaction levels and influence conceptual and cognitive gains. This research study postulates that by combining the experiential and interpretive aspects of the exhibit experience through augmented reality, the visitor experience will be affected positively.”

Diana Marques (Digital Media Doctoral Fellow) trabalha há alguns anos em ilustração e animação científica. Acompanhe o trabalho dela aqui: http://www.dianamarques.com